27 de março de 2019

Coisa mais linda - nova série da Netflix

Olá lindonas,

no último dia 22, a Netflix lançou a série brasileira chamada Coisa mais linda. Entre as personagens principais Maria Luiza (Maria Casadevall), Adélia (Path Dejesus), Lígia (Fernanda Vasconcellos) e Thereza (Mel Lisboa). A história se passa no cenário carioca do fim dos anos 50. Maria Luiza (Malu), uma paulistana de família tradicional, vai ao Rio de Janeiro encontrar seu marido que está abrindo o negócio do casal, um restaurante. Ao chegar na capital fluminense, Malu descobre que foi abandonada pelo marido. A série, apesar de retratar outra época, traz temas contemporâneos e que ainda necessitam de discussão.

empoderamento feminino


SORORIDADE

Assim que descobre a traição do marido, Malu põe fogo em fotos e roupas que encontra no apartamento deles e acaba quase causando um incêndio no prédio. Neste momento conhece Adélia, mãe solteira e funcionária negra de uma senhora arrogante, que a ajuda e a oferece comida, além de tentar convencê-la que tudo ficará bem. Nesta cena, e em tantas outras de Coisa mais linda é possível observar a sororidade das personagens.
A sororidade, sentimento de empatia e solidariedade entre mulheres, é um dos pilares do feminismo.


O MERCADO DE TRABALHO E O DIREITO DAS MULHERES

Malu decide dar continuidade ao seu sonho de abrir uma casa de música, mesmo após o golpe do marido. Sem apoio do pai, ela precisa de empréstimo do banco, que é negado pelo simples fato de ser mulher. Então ela decide procurar um empresário do ramo musical que conheceu no Rio, oferecendo-lhe sociedade no negócio, porém, recebe outro não, pelo mesmo motivo anterior. Em outra cena, Thereza (jornalista) tenta convencer seu chefe a contratar mais uma redatora para a revista, cujo público alvo são mulheres, mas que é produzida em maioria por homens. Ela só o convence depois de lembrá-lo que os serviços de uma mulher custarão bem menos do que de um homem.
Será que isso é coisa do passado? Segundo o IBGE (2018) as mulheres ganham em média 20,5% menos que os homens, infelizmente.

violência contra a mulher


VIOLÊNCIA CONTRA MULHER E ABORTO

Sem dúvidas Lígia é uma personagem atemporal! O sonho de Lígia é ser cantora e ela ganha uma ótima oportunidade na estréia da casa de música 'Coisa mais linda'. Acontece que seu marido, um político em ascensão, odeia a ideia de ter uma mulher artista. Após flagrar a sua apresentação no palco, ele a humilha e bate nela no camarim. A agressão só para quando Malu invade o local e salva a amiga. Algum dias depois, já separada do marido, Lígia descobre que está gravida, mas decide abortar e pede ajuda a sua amiga Malu.
Em 2019, quantos casos de violência contra mulher vemos nos noticiários todos os dias?!

empoderamento feminino

Enfim, a primeira temporada de Coisa mais linda, com 7 episódios que assisti sem interrupções, traz uma trama incrível e uma trilha sonora de qualidade, com grandes sucessos da bossa nova!! Vale a pena conferir!

Beijos,
Vanessa Tavares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário